Nota de Esclarecimento PMC/SEMMA

0

Os Agentes do Departamento de Controle Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, constataram em ações de fiscalização e monitoramento que toda a fumaça que está condensada sobre a zona urbana de Cametá não é proveniente apenas do lixão, mas também é oriunda das inúmeras queimadas realizadas na zona rural do Município buscando o preparo de áreas para o cultivo agrícola, no qual emprega-se o fogo para a limpeza da área em que se pretende praticar atividades agrícolas, prática comum nesse período em todo o Estado do Pará. Os campos naturais da Região ao longo das Estradas e vicinais adjacentes estão com plena atividade de queima difícil de controlar, essas queimadas ganham tamanha dimensão em razão do clima seco da região, e também pela ausência de chuva por longo período o que propicía a propagação do fogo, a maioria dessas queimadas tem origem humana, sobretudo em função da queima de Lixo e Preparo de áreas para atividades agropastoril.

A incidência da fumaça é maior no período noturno pois é resultado da combustão incompleta do carbono, onde este é bem mais denso que o ar o que nos remete a impossibilidade da fumaça subir, mas não é isso que acontece. A explicação da fumaça subir é pelo fato de que o ar quente menos denso que o ar proveniente da queimada leva a mesma para cima, mas quando estamos a noite com a temperatura mais baixa, a fumaça tende a não subir por causa da densidade do ar ser maior a noite do que ao dia.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Cametá (SEMMA) está realizando uma força tarefa juntamente com o Corpo de Bombeiros Militar e Gabinete da P.M.C, bem como a SETOB que tem atuado no combate aos focos de incêndio no lixão de Cametá, o Poder Público Municipal tem tomando as devidas providências no intuito de solucionar/amenizar o problema destas queimadas que perdura por vários anos.

O Poder Público Municipal disponibilizou um trator esteira para desenvolver o combate aos focos de incêndios no lixão de Cametá, tendo em vista que tais focos encontram-se por baixo das camadas de lixo, visando com isso obter maior eficiência no combate às queimadas do lixão.
Salienta-se também que medidas preventivas e de conscientização da população estão sendo realizadas através de campanhas educativas sobre as queimadas, bem como tem se buscado parceiras com a SEMADRE (Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural e Econômico) para que os extensionistas rurais (Ténicos Agrícolas) realizem um trabalho de orientação e monitoramento às famílias que desenvolvem a Agricultura Familiar Rural, especialmente em áreas com maiores ocorrências de queimada desordenadas, ajudando no combate da prática poluidora, com isso buscando manter um meio ambiente equilibrado e que proporcione qualidade de vida aos munícipes.

Att. Secretária Adjunta de Meio Ambiente, Ruth Helena Castro de Castro.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade